Por que mais de 70% das 500 empresas listadas na Fortune possuem programa de mentoria

Se engana quem pensa que as iniciativas corporativas com mentores são registradas em pontos esporádicos do mercado.

Uma recente pesquisa divulgada pela Universidade de Cornell, localizada no Estado de Nova Iorque, Estados Unidos, mostra um quadro totalmente contrário – esse tipo de proposta já está bem estabelecida no mainstream dos grandes grupos.

Segundo o relato, mais de 70% das 500 empresas listadas na Fortune possuem programas de mentoria interna.

A Knowe é uma startup que oferece, por meio de mentorias, soluções para empresas e profissionais liberais que podem dar um upgrade na carreira por meio desse compartilhamento de conhecimentos.

Como é a revista Fortune

Fundada ainda nos anos 1930, a revista Fortune é um dos principais títulos ligados ao jornalismo de negócios, tendo como grande concorrente a igualmente popular Forbes.

A lista das 500 maiores corporações dos Estados Unidos é apresentada por um subproduto da publicação, a Fortune 500. A lista existe desde 1955 e envolve grandes organizações que possuem capital aberto.

Sendo assim, quando se referem a esse tipo de cenário, tenha certeza de que estão falando dos maiores players do mercado mundial.

Se uma prática, como é o caso dos programas de mentoria, está sendo utilizada em mais de 70% das 500 empresas listadas na Fortune, tenha certeza de que trata-se de um dado muito relevante.

Por que fazer mentorias nas empresas?

Como você já deve ter lido por aqui no Blog da Knowe, existem diversos pontos positivos de um programa de mentoria aplicado no dia a dia de uma corporação.

Selecionamos alguns abaixo:

Dá lugar a novos líderes

Com as mentorias da plataforma da Knowe, é possível estabelecer uma dinâmica de reconhecimento interno entre os diversos níveis hierárquicos da empresa.

É uma forma, por exemplo, dos diretores de cada área aplicarem esse tipo de atuação e, assim, dar oportunidades de crescimento em aprendizado e relacionamento a pessoas interessadas na equipe.

Retém talentos

Empresas que se apoiam em programas internos de mentoria têm registrado redução nos índices de turnover.

Algumas publicações, como a respeitada Harvard Business Review chega a relatar a “falta de iniciativas em mentoria” como um dos motivos que fazem o empregado abandonar o posto mais cedo.

Promove a diversidade

Já existem cases de programas de mentoria específicos para abordar o tema da diversidade.

A ideia dessas propostas é a de incentivar em grupos com menor representatividade no mundo corporativo, possibilidades de valorização e desenvolvimento de papéis de liderança.

Transmite a cultura da empresa

Os valores coletivos cristalizados na gestão de cada companhia podem ser transmitidos de forma bastante eficiente por meio das mentorias.

A cultura da empresa vai ser difundida a um público interessado e bastante especializado, sendo possível, até mesmo, formar embaixadores da marca.

 

Entre em contato com a Knowe e siga os passos de 70% das 500 empresas listadas na Fortune possuem programas de mentoria interna.

 

Leia mais:

O que fazem os embaixadores da empresa e como encontra-los

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *